terça-feira, 3 de maio de 2016

MEDICINA: Estudante de medicina é presa no aeroporto com cocaína em gel, a Jovem, de 20 anos, é de Mato Grosso e estudava em faculdade na Bolívia.

Estudante de medicina é presa no aeroporto com cocaína em gel
Jovem, de 20 anos, é de Mato Grosso e estudava em faculdade na Bolívia. 
Disse à PF ter entrado no crime por causa de ameaças de ex-companheiro.





Uma estudante de medicina foi presa no Aeroporto Internacional do Recife, na Zona Sul da capital pernambucana, com 2,7 quilos de cocaína em gel. Ela tentava embarcar com o entorpecente para a Europa, na sexta-feira (29). 

A jovem, de 20 anos, é de Mato Grosso e não tinha antecedentes criminais. Aos agentes da Polícia Federal que atuam no terminal Gilberto Freyre, ela relatou ter entrado para o tráfico partir de um relacionamento amoroso com um boliviano, que acabou em confusão.

Os agentes federais descobriram a droga a partir da avaliação do comportamento da estudante. Nervosa, inquieta e impaciente, ela foi chamada para conversar com os policiais. Como entrou em contradição algumas vezes, a PF decidiu abrir a bagagem.

Lá, achou duas calças jeans. Nos bolsos da roupa, o entorpecente estava em uma apresentação inusitada: eram quatro envelopes plásticos cobertos com papel carbono e que continham 45 preservativos masculinos com líquido oleoso em forma de gel. Bastante perfumado, o produto tentava despistar o forte odor da droga. Após a realização de testes químicos, os agentes da PF detectaram a presença da cocaína.

A estudante foi autuada por tráfico internacional de drogas. Caso seja condenada, poderá pegar de cinco a 20 anos de prisão. Depois de se submeter ao exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, na área central do Recife, ela seguiu para a Colônia Penal Feminina, na Zona Oeste da capital.

História
No interrogatório, a jovem contou que estuda medicina em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Estava no quinto semestre do curso. Depois de encerrar o relacionamento com o boliviano, informou ter recebido ameaças.


O ex-companheiro disse que só deixaria de ameaçar seus parentes, no Brasil, se ela fosse para a Europa para transportar drogas. Diante disso, viajou de Corumbá (MT) para o Recife. Da capital pernambucana, seguiria para Lisboa, em Portugal, para entregar a cocaína boliviana

FONTE: GLOBO.COM

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Mais Médicos deve ser prorrogado por até três anos

A presidente Dilma Rousseff vai assinar nesta sexta-feira nova medida provisória para prorrogação da permanência de estrangeiros no programa Mais Médicos por até mais três anos. Entre outras medidas a serem apresentadas durante a cerimônia, que ocorrerá no Palácio do Planalto, está também a abertura de concurso para profissionais brasileiros dentro do programa.


Ex-ministro da Saúde e um dos idealizadores do programa, o atual secretário municipal de Saúde de São Paulo, Alexandre Padilha, estará em Brasília para acompanhar a prorrogação do contrato com os profissionais cubanos e de outras nacionalidades. No total, dos mais de 18 mil médicos que atuam no Mais Médicos, 11,4 mil são cooperados cubanos, e outros 1,5 mil intercambistas individuais. Outros 5,3 mil médicos brasileiros com registro no país participam do programa.

terça-feira, 26 de abril de 2016

REVALIDA: Prova e Gabarito do REVALIDA 2015


Provas e Gabaritos

2015




FONTE: INEP

terça-feira, 19 de abril de 2016

SIMULADO Revalidação Médica dia 21/04/2016 (quinta feira)




quarta-feira, 6 de abril de 2016

REVALIDA: Docente de medicina pode se inscrever para elaboração de questões do Banco Nacional de Itens (BNI) do REVALIDA

Estão abertas as inscrições para a elaboração ou revisão de questões do Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida). Docentes da área de medicina interessados em contribuir podem se cadastrar a partir desta terça-feira, 5, até o dia 25 próximo.



O candidato deve ser graduado, ter registro profissional no Conselho Regional de Medicina (CRM) e exercer atividade docente em instituição de educação superior credenciada pelo Poder Público em uma das áreas:

Clínica médica.

Cirurgia-geral.

Medicina de família e comunidade (saúde coletiva).

Pediatria.

Ginecologia e obstetrícia.

Os selecionados também podem atuar como elaboradores de itens e revisores das questões da Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem).

Revalida — Aplicado anualmente desde 2011, o Revalida é uma estratégia de unificação nacional do processo de revalidação de diplomas, com base nas diretrizes curriculares nacionais dos cursos de medicina. A prova é aplicada a médicos estrangeiros interessados em trabalhar no Brasil e por brasileiros que tenham obtido o diploma no exterior.

Edital nº 8/2016 do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), com a chamada pública para seleção e credenciamento de elaboradores e revisores do BNI, foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 5.

A inscrição deve ser feita na página do Banco de Itens na internet.

FONTE: INEP